quinta-feira, 17 de julho de 2008

Gina em: A Outra

Uma vez por semana Gina tem a consciência amarga e insólita de ser a "outra" do Marquinho, ser traida não é fácil, ainda mais quando a concorrente é egoísta e muito mais empolgante e excitante que ela. Ás vezes ele vai encontrá-la e volta deprimido, inconsolável, nem quer tocar no assunto, parece revoltado e diz que nunca mais vai vê-la. Nunca mais!

Claro que Gina sabe que aquelas promessas vãs não se concretizam e que ele sempre volta, na semana seguinte, com o rabo entre as pernas, pedindo para acompanhá-la até o fim. E Gina continua sendo a outra uma vez por semana durante aqueles 80 minutos dos encontros dele. Quando o encontro é bom ele volta mais leve, parece outra pessoa, tem um riso fácil, embora aquela alegria seja pela outra, Gina fica feliz por ele, afinal, ciúme é um sentimento mesquinho. Não? É acho que não...

Ás vezes bate uma insegurança. E se aparecer mais uma? Gina não iria aguentar mais uma na vida deles, embora ele esteja sempre dando uma olhadinha para as outras, só para saber mesmo, ela teme muito que apareça mais uma para dividí-lo. É estranho como ele fica em stand-by quando olha para ela, a outra, sempre esperando um sinal, um movimento certo que desemboca em toda uma esperança louca. "Vai, Vaiii !!!"

Gina já tentou se encontrar com ela junto dele, mas não funcionou bem, difinitivamente não fora feita para dividir seu homem num mènaje a tröis, ainda mais com ela, que às vezes, não o deixa nem respirar, que rouba seu homem assim na cara dura e não devolve até terminar, às vezes ela o pega no sofá mesmo, às vezes na cama dele, na casa de amigos, no bar e até na casa dela eles já se encontraram, embaixo das vistas de todo mundo. Cachorra!

Outras mulheres curitibanas também dividem seus homens com outras, na verdade, os homens tem poucas para escolher, mas por aquela que escolhem se apaixonam logo e o compromisso é assim uma vez por semana, sem falta. E pior, tem curitibanos que por não se contentarem com uma só, escolhem mais uma carioca, paulista ou gaúcha, só para variar.

E hoje mais uma vez Gina é a outra dele e precisa esperar novamente até seu homem voltar. O encontro dele com ela, a partida de futebol, vai até às 22:00 no Coritiba e Flamengo de hoje no Couto Pereira.

Um comentário:

Creusa disse...

Hum.. digamos é uma outra razoavel não?

hahahahaha