domingo, 30 de agosto de 2009

Gina em: A síndrome da carteirinha

Eu era uma criança feia. Era mesmo, assumo, não tem problema! O importante é que na infância nenhuma criança é feia de verdade, sempre têm um time de parentes para babar em cima . Que criança se sente feia assim? "Ohhhh coisinha linda da mamãe! Cuti cuti cutiiii" e eu lá com aquela cara de ranhenta e banguela. Seria maravilhoso se depois dos 7 anos a vida continuasse assim, com um pessoal no background cuidando da minha auto-estima, mas cresci e depois dessa idade descobri que não sou o Peter Pan.

Na vida adulta aquela criança ranhenta que era o cuti cuti da mamãe assume uma identidade ou melhor, várias identidades e todas elas com fotos 3x4: a carteira de identidade, a carteira de motorista, a carteira da faculdade, o passaporte, a carteira de trabalho... E o pior, o Peter Pan frustrado em mim não serve para tirar fotos 3x4 e duvido quem diga que sirva para essas malditas fotos.

Sempre fugi correndo das fotos 3x4, não importa o que eu faça, sempre saio torta, vesga, com cara de assustada mas posso dizer que efetivamente descobri minha síndrome do pânico carteirística na faculdade com carteirinha da federal. Todas as carteirinhas que eu vi eram feias, estranhas e até a Creusa que é minha melhor amiga saiu extremamente torta. Claro que esses boatos me assustavam, mas pelo que eu lembrava estava arrumada no dia da foto.

Até que ela chegou, a carteirinha, bem que podia não ter chego, mas chegou - a cara torta, o cabelo desgranhado e um olho menor que outro,vesga, sabe lá como isso é possível. Horrível. A pior carteirinha que já vi até hoje. Eu virei a piada da turma, todos queriam ver a carteirinha da colega vesga, mas até que tinha seu lado bom, eu tinha uma piada dentro da carteira, era só tirar a carteirinha e mostrar: riso garantido!

Acabei trancando meu curso na federal porque eu não tenho saco para administração e duvido quem tenha. Mudei de faculdade e mais uma vez, uma nova carteirinha, uma nova identidade no mundo acadêmico. Tive um zelo tremendo no dia foto, arrumei-me com todo prumo e tirei a foto, nem quis ver, tinha certeza que nenhuma foto seria pior que a da federal. Certo? Errado! Continuava horrível! HORRÍVEL!!! Meu cabelo se tornou uma massa preta atrás da minha cabeça e rosto completamente disforme. Não queria ser a piada da turma, mas novamente eu fui: da colega vesga para a colega desgranhada.

É nesses momentos que não queria ter crescido, que queria ser a Peter Gina, porque independente da cara torta iria ter aquele time no background para dar uma força na auto-estima, mas não adianta, a infância ficou para trás com os livros do Harry Potter e os episódios do Dragon Ball, parece descabido voltar a ser criança para ganhar um dengo.

Mas ainda não foi minha última chance de desfazer minha identidade ruim no mundo acadêmico, perdi a carteirinha e precisei de uma segunda via. Juro que não foi proposital, embora eu esteja com os dedinhos cruzados nas costas, mas enfim, tirei outra foto 3x4 para a carteirinha. Era minha chance! Fiz várias tentativas até que, ufa, ficou boa a foto! Sim! Não estava mais torta e lá fui eu toda sorridente mostrar para amigas:

— Olha gente! Essa sou eu de verdade! Não estou torta nem vesga!!
— É está melhor que as outras - disse uma colega enquanto passa a carteirinha para outra
— Nossa Gina! - disse a outra amiga
— Que foi? - perguntei logo
— Você parece que está com amarelão!

Era verdade! A foto estava boa mas estremamente amarelada, mas dessa vez desisti de tirar outras, assumi essa identidade de uma vez, agora eu sou a Gina. A Gina amarelão!

8 comentários:

Micuim disse...

Opa vlw, por comentar la, ja te linkei... Abraço

Samantha disse...

Gina,
Foto 3X4 deveria ser abolida! Convivo diariamente com uma foto medonha no crachá da empresa, tirada depois de uma noite viajando, sem dormir. Já imagina como está né? As olheiras parecem maior que o rosto inteiro! rsrs
Tô tentando apagar a foto, quem sabe consigo uma melhorzinha na próxima vez! Gostei daqui! Bjinhos!

~ Kakate.psd disse...

Eu me dou bem com fotos 3x4 =/

Hahaha

E para arrumar a foto tinha photoshop *-*

Ahhh, favoritei vc no blogblogs \o/

Issa Paz disse...

mEU, Tenho medo de mim já em fotos normais.. Nas fotos 3x4 eu já prefiro não olhar direito, pra não ter pesadelos a noite, ssascoisa!

Bom, no meu caso o jeito pra minhas fotos 3x4 sairem boas é eu nascer de novo, e enquanto isso não acontece, vo vivendo com essas minhas mesmo

=D

Blog do Celso Ricardo disse...

oi gina

ta a fim de uma parceria com troca de banners?

aguardo resposta

Blog do Celso Ricardo
http://celsoricardo.wordpress.com
de tudo um pouco, desde sexo até politica

Blog do Celso Ricardo disse...

oi Gina

ja inseri seu banner em meu blog...

fico no aguardo da reciproca.

beijos

Blog do Celso Ricardo
http://celsoricardo.wordpress.com
de tudo um pouco, desde sexo até politica

Blog do Celso Ricardo disse...

oi Gina

passa la no meu blog que tem um selo pra vc.

beijos

Blog do Celso Ricardo
http://celsoricardo.wordpress.com
de tudo um pouco, desde sexo até politica

Ivan Grycuk disse...

Olá Dona Gina... estava te devendo umas leituras, né?!

Bom, a primeira foto 3x4 que eu tirei - e lembro - foi para a identidade. Eu tinha uns 10 anos. A foto foi em preto e branco e, como bom garoto "não-tô-nem-ai-pro-meu-cabelo" a mulher que estava tirando foto resolveu que tinha que pentear ele. Tudo bem, fazer o que?!

Só fui olhar "de verdade" para a foto uns 5 anos depois, na minha "época-punk" e, para minha surpresa, eu estou a cada dos Beatles - da época do cabelinho clássico.

Resultado: tenho ela até hoje.

Para tirar a carteira de motorista, aqueles malditos não quiseram aceitar minha ID, disseram que era muito antiga. Usei o comprovante de reservista do exército. E usei o mesmo documento no dia do vestibular - junto com a ID, claro. Detalhes.

Nunca me importei com as fotos 3x4, mas adoro a da minha ID!!

Quanto a fazer faculdade de Administração, bom... eu faço, mas não faria se tivesse que escolher outra vez.

Só fico imaginando uma coisa... com essa tua tara por foto 3x4 já na faculdade, quando você nem usa tanto assim a carteirinha... imagina quando você tiver que usar um cracházinho pendurado no pescoço o dia todo - todo dia, com uma foto 3x4 e o teu nome logo abaixo?! Acho que você pira... kkkkkkkk - bricadeira.

Um beijão Dona Gina.