terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Gina em: Excertos Curitibanos.

As invisíveis:

Gina liga para Creusa se sentindo o ser humano mais miserável da terra...
— Guria, me dá um colo vai, estou me sentindo tão miserável - suplica Gina ao telefone.
— Tudo bem, o que acha de tomarmos um café? - convida Creusa.
— Bom, por mim tudo bem, mas vamos invisíveis certo? Não quero ser notada hoje - alerta Gina.
— Combinado então - diz Creusa animada.

15 minutos depois elas vão ao café e Creusa derruba a bandeja com as bebidas até que o Shopping inteiro nota as duas.

— CORRE CREUSAAAA ESTÃO OLHANDO PARA GENTEEEE!!!

30 minutos depois na loja de departamento, provando óculos gigantescos e feios. Gina derruba todos os óculos da loja.

— MEU DEUS CORREEEE GINA ESTÃO NOS NOTANDO!!!

Sim, 100% invisíveis.

O remédio para emagrecer

— Gina você viu aquele guri que cuida dos carros aqui na frente? - diz a mãe de Gina
— Sim mãe, ele sempre está aí enchendo... - diz a rabugenta Gina
— Viu como ele emagreceu ? - repara a mãe
— Sim mãe, ele voltou a cheirar cola ... - diz mais mau humorada ainda
— Impressionante né, ele estava todo gordinho e agora está parecendo uma vareta. Acho que vou comprar um saquinho para mim - diz séria.
— De onde você tira essas idéias hein?? - exaspera-se Gina

E eu penso, ser normal deve ser uma virtude incrível. Até minha mãe é uma doente.
Mundo estranho. Muito estranho.

O namorado Azul

Creusa liga para Gina e pede colo, o canalha do pretendente dela continua a machucando e ela decidiu procurar um conforto, um outro alguém.
— Ai Gina estou tão miserável, gosto de um cara que me despreza e agora arranjei um outro alguém - chora Creusa
— Isso é ótimo guria!!! Fico feliz que você tenha decidido procurar pessoas novas e tal - diz Gina quase gritando de alegria.
— Esse é o problema... - suspira Creusa
— Lá vem, affair seu só podia ser encrenca - alerta Gina preocupada.
— Ah ele é bacana, gosta de mim sabe e me dá dinheiro e me protege... - lembra apaixonada.
— E qual é o problema então ??? - pergunta Gina curiosa
— Ele é azul e tem um rabo e eu só gosto dele assim - lacrimeja Creusa...

E gina pensa "Azul e tem um rabo? Nada mau... Estranho seria se ele parecesse um ser humano" e até se anima com o namorado azul da amiga, melhor assim, pessoas são estranhas.

2 comentários:

Pamela disse...

a-do-rei o blogue!

causou várias risadinhas aqui. [rsrs]

Cafeína disse...

já namorei um verde... o azul me deu um fora...